Aluno avalia professor

Esses dias postei lá no instagram uma foto de um questionário que costumo pedir que os alunos respondam, anonimamente (é tudo múltipla escolha) – umas perguntinhas sobre o meu desempenho como professora. Acho bacana dar espaço pra eles dizerem o que pensam, até pra eu ter uma noção do que aquela turma acha legal ou sente falta. Gostaria que tivessem feito isso comigo. Gostaria de ter tido espaço pra dizer o que penso em inúmeras aulas do colégio (e da faculdade, também). Nesse semestre fiz questão de que esse questionário fosse realizado no mesmo dia em que os alunos realizavam a primeira evaluación do semestre. É bem simbólico, não? Eu os avalio a partir do que escrevem na prova, e eles me avaliam a partir do que respondem no questionário. 12 alunos estavam em sala e responderam. Os resultados foram os seguintes:

1. Avalie a atuação da professora no desenvolvimento:
– da fala:  boa (12)
– da escuta: boa (9) – razoável (2) – em branco (1)
– da escrita: boa (12) – em branco (1) – da leitura: boa (12) – em branco (1)

2. Avalie tua atuação em relação a:
– realização de tarefas para casa: boa (4) – razoável (7) – ruim (1)
– presença e pontualidade: boa (6) – razoável (6)
– participação em sala: boa (5) – razoável (7)

3. O que você pensa das aulas com apoios multimídia?
São boas, deveria haver mais. (11)
São boas, e está bom de quantidade. (1)

4. O que você pensa das tarefas para casa?
São boas, deveria haver mais. (4)
São boas, e está bom de quantidade. (8)

Sem título

Gostaria de comentar algumas coisas sobre os resultados:

1. É claro que gostaria de desenvolver BEM mais cada uma das destrezas, mas a fala, realmente, é disparado o que mais trabalhamos em sala, e dou todo o foco possível à escrita para casa, e é assim mesmo que deveria ser. No entanto, discordo deles sobre o bom desenvolvimento da escuta e da leitura. Uns poucos acusaram vontade de trabalhar mais a escuta, e pretendo mesmo dar atenção a isso.

2. É curioso que eles tendam a fazer mais mea culpa que aproveitar pra me avaliar, sem restrições, mesmo anonimamente. Êta sociedade maluca que a gente criou! Não controlo a realização das tarefas de casa porque trabalho com adultos e acho isso opressor, humilhante, retrógrado, desnecessário, mesmo com crianças. Quer dizer, fazer o dever de casa vale um ponto da média? Por favor, né. Mas a sinceridade deles me chocou um pouco. E, poxa, quanto a participação, gostaria que esse quadro fosse real. Infelizmente, o que temos na verdade são, de fato, uns 5 que participam ativamente contra uma maioria esmagadora que mal abre a boca a menos que eu perturbe muito.

3. Eu ADORO as aulas com música, vídeo, data show. Além de divertidas de assistir (e de dar!), elas são FÁCEIS de dar, porque o material já foi todo preparado previamente. Mas é justamente aí que mora o problema: ter tempo de preparar uma aula lindinha e reservar sala com data show na Uerj. Mas vou ver se faço mais aulas assim. É bem mais legal, mesmo. Eles tem razão. 🙂

4. Eita que quando o assunto é tarefa de casa a sinceridade implora pra não vir mais coisa! Infelizmente não tem como reduzir o ritmo – gostaria até de aumentar! -, mas vou ver se divido melhor as coisas.

De modo geral, me dei conta de que deveria dar mais opções entre “bom” e “ruim”. Talvez uma gradação ótimo – bom – razoável – ruim – péssimo fosse ideal. Tentarei no próximo semestre! 😀

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Alê Lemos disse:

    Gostei da sua observação final kkk teve uma opção que você só deu “São boas, deveria haver mais. (11)” e “São boas, e está bom de quantidade. (1)” . Quer dizer, aulas multimídias são mais legais mesmo, mas na minha opinião, já tive colegas que não gostavam muito. Mas de modo geral é uma baita coragem sua fazer essa autoavaliação, na minha faculdade até tinha, mas não ajudava muito não, os professores continuavam a ensinar igual.

    Curtir

  2. Olá!!! Primeiro tenho que agradecer pelo seu comentário lá no blog, fiquei assim encantada e emocionada, são esses encontros que fazem blogar valer a pena.

    E sim, sobre avaliações, achei a sua atitude corajosa e honesta. Essa coisa de só nós avaliarmos os alunos é mais um marcador de que a sala de aula é marcada por uma relação vertical entre professor e aluno e isso, na minha opinião não faz bem a ninguém e de certa forma ao perguntar aos educandos a opinião deles você meio que implodiu essa ordem e mostra que assim como eles te escutam, você está pronta para ouvir. Acho lindo isso, tento também ouvir meus alunos, entender o que eles desejam, quais meus pontos frágeis e como melhorar.

    Ah, achei a avaliação deles positiva a seu respeito… 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  3. Vitor Costa disse:

    Primeira vez que visito o seu blog e me sinto agraciado pela oportunidade, ainda mais sabendo que você gostou do meu ^^

    Que iniciativa interessante a sua e, realmente, corajosa, pois, não só professores, mas os profissionais em geral não têm esse senso raro de autoavaliação e disposição para mudar. Eu estou iniciando a minha vida de professor, embora eu seja um engenheiro formado rs Mas, poxa vida, fiquei admirado em saber que você já dá aula em faculdade, qual matéria você leciona Luísa?

    Beijos

    Curtir

    1. artezanni disse:

      Guri, mas eu dou aula num projeto de docência faculdade! Não sou nem formada ainda, hahah! Ensino espanhol 😉

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s