Publicado em poema

porta-nada

portal com porta aberta
emoldura
espaço vazio

só fica ali
a não-presença
de qualquer coisa

portal com porta aberta
é porta-nada

moldura bonita
pra coisa nenhuma

(mas pode ser, também,
espaço propício
pra chegada de alguém)

Anúncios

Autor:

Carioca, 22 invernos, leão com touro. Gosto de apreciar e busco produzir arte. Sou professora. Faço cadernos. Amo. Assim, intransitivo, mesmo.

2 comentários em “porta-nada

  1. Eu gostei foi do desfecho: “mas pode ser, também,
    espaço propício
    pra chegada de alguém”… Pois nunca se sabe quem pode chegar e o que pode trazer consigo… Ah, também nunca se sabe onde esse portal pode levar se quem o contempla resolver desafiar qualquer coisa como uma porta e rompe-lo…

    Curtido por 1 pessoa

    1. Fico feliz que tenha gostado! 😀 Me forcei a escrever esse poema e devo admitir que não gosto dele. (Geralmente poemas forçados não são bons) Então, de fato, fico feliz que tenha gostado haha Que os portais da vida nos surpreendam! 😉

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s