Publicado em Sem categoria

+ dias úteis (e a greve)

semana de tpm costuma ser difícil, e esta semana não fez a exceção da regra. mas terça feira, apesar de eu não ter tirado foto lá, ir à Up Dance me matricular e minha primeira aula formaram, sem dúvida, a melhor parte do meu dia. deixo a logo da academia pra ilustrar o momento, e, logo a seguir, a frase escrita na sala que é invariavelmente estimulante.

UP_logo_oficial_rgb
“A avançada de hoje é a iniciante que não desistiu”.

fiz minha segunda aula lá ontem e devo dizer que ontem o pole foi também a melhor parte do meu dia, e que valeu muito a pena ter ido, apesar de toda a correria.
devo dizer que me dá um baita orgulhinho ver uma academia com seu foco voltado a atender mulheres com atividades que trabalhem a auto-aceitação, e uma melhora imediata na autoestima enquanto melhora, gradualmente, a saúde de cada uma.

também acho incrível como aquelas duas salinhas do Meier, mais as salas da outra unidade que provavelmente também são “-inhas”, se tornam um império, se tornam algo grandioso na vida de incontáveis mulheres. é um trabalho sério e lindo.

além disso, o fato de elas trabalharem com fichas pra controlar a evolução de cada uma, desvincula o aprendizado dessa visão de mundo que diz que os cursos começam no começo do ano e se encerram ao fim dele. depois disso não dá mais, não importa se tem brecha na rotina, não tem mais como encaixar uma atividade que você quer muito fazer porque não tem vaga, porque os horários das turmas iniciantes não batem com os seus. lá NÃO TEM horário “iniciante”, nem intermediário, nem avançado. você pode chegar em qualquer horário e começar do zero que vão te dar toda a atenção do mundo. é cada uma no seu tempo e isso é lindo. to eu lá fazendo minhas andadinhas e meus saltinhos de principiante e do meu lado tem uma menina rodando lindamente toda contorcida no seu pole. e todo mundo sai de sorriso no rosto. não dá nem TEMPO de se comparar com a outra, e nem tem porque, já que cada uma entra lá por um motivo, em um momento e com uma vivência diferente.

quarta feira foi um dia bom. saí pra procurar uma escola que me deixasse cumprir o estágio zero, e a Wakigawa (a dez passos da república) me aceitou. de lá, fui pro shopping procurar o livro da Cissa e acabei descobrindo um shopping MUITO mais legal que o Tijuca e, possivelmente, mais legal que todos os que já fui. tem um espaço para entrega e recolhimento gratuito de livros, e em breve haverá um de vinis e CDs, também. tem Noel e muita arte (tem até um ateliê!) espalhados pelos corredores.

16847743860_efd57da735_b
(não fui eu que tirei essa foto, mas finge)

 

sinto que essa vila-princesa ainda tem MUITO a me mostrar. de quebra, comprei a pasta que a Cal tava querendo e achei uma caixa LINDA, perfeita pra guardar meus sapatos debaixo da cama. pretendo voltar naquele lugar muitas vezes.

ontem, quinta, foi um desastre do início ao fim. eu ainda não sabia, mas ficaria menstruada no dia seguinte pela manhã. claro que desconfiava, mas, como não senti dor, não imaginei que aqueles mal humor e desânimo fossem absolutamente hormonais. senti inveja e praguejei demais uma coitada de uma menina que não me fez nada. vou ver até se faço uma reza forte pra tirar o tanto de energia ruim que eu devo ter jogado nela, coitadinha.

nem almocei: cheguei do estágio e dormi até a hora da reunião. frustrei meus planos de jantar no bandejão e me desesperei por medo de chegar faminta ao pole e acabar passando mal. acabei engolindo um kombo 1 no koni ao lado da Up e me atrasando meia hora pra aula. mas mesmo assim foi incrível. lá eu me senti completamente anestesiada. me esqueci totalmente que estava desanimada e mal humorada. saindo de lá entrei em faniquito de novo porque não consegui pegar o ônibus pra Vila. acabei tomando banho ( ❤ ) e dormindo na Cal ( ❤ ❤ ).

ilustro meu dia de ontem com minha decisão de deixar a cama com baguncinhas em nome de ir caminhando calmamente até a Uerj:

20160303_143534

a Uerj vai entrar em greve a partir de segunda feira, mas vou ver se me mantenho registrando  a utilidade dos meus dias.

Anúncios

Autor:

Carioca, 22 invernos, leão com touro. Gosto de apreciar e busco produzir arte. Sou professora. Faço cadernos. Amo. Assim, intransitivo, mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s